Voltar para a página inicial
Entrar em contato
 
Notícias
Método Sustentável: Inovação frente aos desafios da construção
22/12/2009
Método Sustentável: Inovação frente aos desafios da construção

Inovação é a resposta da Método Engenharia aos desafios da construção sustentável, que prevê um sistema com intervenções sobre o meio ambiente, adaptando-o às suas necessidades de uso, produção e consumo humano, preservando os recursos naturais para as gerações futuras. Com base nesses preceitos, a Método foi a primeira construtora brasileira a difundir a edificação ecologicamente correta. Um dos primeiros passos foi trazer ao Brasil, no fim da década de 1990, o conceito de edifício verde, desenvolvido pelo United States Green Building Council (USGBC), conselho que reúne empresas e entidades de todo o mundo empenhadas na divulgação dos conceitos da construção sustentável. Segundo Paulo Sérgio F. de Oliveira, Diretor da Unidade de Negócios Hotéis & Hospitais e da Unidade de Serviços
Tecnologia, o objetivo do Green Building é criar procedimentos que diminuam o impacto sobre o meio ambiente, priorizando e racionalizando nas construções o uso correto de insumos naturais. Assim, as edificações devem ter fontes alternativas de energia, ter menor emissão de poluentes, utilizar materiais recicláveis, maximizar a iluminação natural, ter concepção de paisagismo e área verde proporcionais ao empreendimento, manter a boa qualidade do ar interno, entre outras características. Vislumbrando a

atuação socioambiental responsável da empresa, Hugo Marques da Rosa, Presidente da Método, tornou-se membro fundador do USGBC. “Fomos os primeiros do setor a se associar a este conceito”, garante.

Histórico de sustentabilidade
A Método tem como foco apontar a importância de atitudes que ofereçam alternativas qualificadas para reduzir os impactos socioambientais do setor da construção civil, bem como promover meios de crescimento sustentável para a sociedade como um todo.
Seu histórico de sustentabilidade começou nos anos 1980, quando criou o Projeto Educar para o Amanhã, que alfabetizava adultos nos canteiros de obras. Simultaneamente, desenvolveu o Projeto Lazer, cuja finalidade foi a inclusão social dos trabalhadores provenientes do norte e nordeste do país. Em 1991, em parceria com a Fundação
Carlos Alberto Vanzolini, realizou o Curso de Especialização em Engenharia de Produção para a Construção Civil, que deu suporte aos engenheiros de obras, oferecendo elementos para seu aprimoramento nos processos produtivos e na gestão da produção, o que resultou no aumento da produtividade e qualidade, com expressivas reduções de custos. Nos anos seguintes, a empresa
continuou desenvolvendo projetos na área socioambiental. Já em 2001, quando se filiou ao USGBC, adquiriu o material LEED, desenvolvido pelo próprio conselho, que orienta, padroniza, mensura, classifica e certifica os Green Buildings. É a principal ferramenta mundial no reconhecimento de empreendimentos projetados e operados visando à diminuição dos impactos negativos
ao meio ambiente. Em 2003, participou, em parceria com o Instituto Ayrton Senna, do Projeto Casa da Criança, um centro de vivência chamado Recanto Primavera para crianças e jovens da favela de Paraisópolis, no bairro do Morumbi, em São Paulo. Esse
projeto trouxe mais dignidade e qualidade de vida aos beneficiados, reestruturando os espaços existentes e criando novos, que vieram proporcionar melhor atendimento às crianças e a toda a comunidade. Já em 2007, filiou-se ao Conselho Brasileiro de Construção Sustentável e passoua fazer parte como membro do Green Building Council Brazil (GBC), que, no Brasil, assim como o USGBC, é membro do World Green Building Council, entidade supranacional que tem como objetivo incentivar a criação de conselhos nacionais como forma de estimular e promover mundialmente a adoção de tecnologias, práticas e operações sustentáveis na construção civil.

Núcleo Sustentável fortalece atuação no mercado
A Método destaca-se por sua postura inovadora earrojada, propondo sempre novos desafios para conquistar melhores resultados sempre. Por isso, em 2008, criou o Núcleo de Sustentabilidade, cujo foco é fortalecer ainda mais as práticas sustentáveis mundialmente comprovadas. Formado por  engenheiros, arquitetos e comunicólogos, o Núcleo tem papel fundamental na realização de pesquisas, análise e desenvolvimento de soluções associadas à política de sustentabilidade da empresa. O Diretor Paulo Sérgio F. de Oliveira explica que o valor socioambiental em toda a organização precisava
ser reorganizado. “A partir daí, formamos um grupo de colaboradores que se destaca pelo comprometimento, estudo e aprofundamento nesse tema e que pode representar as várias Unidades de Negócios e de Serviços da corporação”, salienta Oliveira.

Colaboradores aprovam iniciativa
A empresa recebeu o apoio e a aprovação de seus colaboradores. Prova disso foi a realização, no fim de julho, do Programa de Sensibilização da Método, que abrangeu toda empresa. De acordo com a Gerente de Projetos Camila Amadeo Real, o encontro buscou
sensibilizar, por meio de palestras, todos os colaboradores da Método, a fim de nivelar conhecimentos e conceitos, além de promover a reflexão e interpretação da política de sustentabilidade da empresa. Oliveira acrescenta que a conscientização e as atitudes ecologicamente responsáveis já são, felizmente, pré-requisitos para a atuação no mercado da construção. “E isso devemos praticar em nossa própria casa, no escritório, nas obras, enfim, a partir de um conjunto de pequenasações em nossa rotina diária quanto ao uso racional de todos os recursos que o meio ambiente nos oferece”, esclarece. Ações para 2009 Mais ações estão sendo desenvolvidas nesse sentido. Durante este ano, a Método vem divulgando sua Política de Sustentabilidade; deu início à segunda fase dos empreendimentos Rochaverá Corporate Towers, em São Paulo, e Ventura Towers, no Rio de Janeiro; além da participação em uma importante ação de responsabilidade social, o Projeto União.
O Núcleo de Sustentabilidade traçou a criação de planos de ação, que, por meio de cartilhas, orientará as principais áreas da empresa sobre como agir de forma sustentável. “Nosso objetivo principal é manter impactos positivos para todos aqueles que participam, direta ou indiretamente, das atividades da empresa, seja internamente ou nos canteiros de obras”, frisa Camila Amadeo Real, representante do Núcleo.

As cartilhas formuladas pelo Núcleo são as seguintes:
– Cartilha Obras: explicações para o canteiro de obra;
– Cartilha Suprimentos: avaliação de sistemas e requisitos
dos materiais;
– Cartilha Orçamento: orçamento das variações em relação
à sustentabilidade;
– Cartilha Sustentabilidade: apresentação dos requisitos de
sustentabilidade;
– Projeto União: ver matéria da página 14.

“Consideramos a sustentabilidade uma questãoestratégica para a empresa. Por isso, trabalhamos para  que a Método esteja sempre
à frente do mercado em tudo o que se refere ao tema. Queremos nos diferenciar da concorrência por meio da inovação e nossa equipe trabalha com conceitos sustentáveis, não só com as obras que buscam a certificação, mas em todo empreendimento Método”, afirma Hugo Marques da Rosa.

Certificação
Atualmente, a Método é a empresa do setor da construção civil que possui mais projetos certificados ou em processo de certificação no país. Ao total são seis – Rochaverá Corporate Towers, Ventura Towers, Infinity Towers, Fecomercio, Torre Santander e The Reef Club. Merecem destaque os edifícios inteligentes e ecológicos – Rochaverá Corporate Towers, em São Paulo, e Ventura Towers, no Rio de Janeiro, ambos com a certificação LEED nível Gold.

Método News


<< voltar
XY2 Agência Digital
Praça Professor José Lannes, 40 - Ed. Berrini 500 - 1º andar - Brooklin Novo - São Paulo - SP - Brasil - telefone (11) 5501-0000 fax (11) 5501-0101